quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Facebook na Bahia

Postado por Aline Brito às 08:02 1 comentários

Eu sei que tem gente que vai reclamar disso... rsrsrsrs

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Novas Tendências

Postado por Aline Brito às 07:55 0 comentários








terça-feira, 26 de outubro de 2010

Tenha certeza de que sua filha foi dormir...

Postado por Aline Brito às 08:27 0 comentários

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Grandes enigmas e suas respostas‏

Postado por Aline Brito às 08:08 1 comentários
1 - Porque laranja se chama laranja e limão não se chama verde?


Porque laranja vem do árabe “narandja” e limão vem do persa “laimum”: são de origens diferentes. Além do mais, a cor recebeu o nome da fruta e não o contrário.

2 - Porque lojas abertas 24 horas possuem fechadura?

Porque elas fecham em feriados e dias santificados.

3 - Porque “separado” se escreve tudo junto e “tudo junto” se escreve separado?

Porque “separado” é um adjetivo e “tudo junto” é um pronome indefinido associado a um adjetivo.

4 - Porque os kamikazes usavam capacete?

Porque no código de honra da aeronáutica, o capacete faz parte do fardamento, que é a identidade da corporação.

5 - Porque se deve usar agulha esterilizada para injeção letal em um condenado a morte?

Porque os condenados a morte estão sob a supervisão da anistia internacional, que confere ao presos condições humanitárias mínimas (e quem sabe a pena não pode ser suspensa no último minuto).

6 - Quando inventaram o relógio, como sabiam que horas eram, para acertá-lo?

Ele foi acertado às 12:00 horas, quando o sol estava em perfeita perpendicularidade com a terra.

7 - Como que os cegos sabem quando terminaram de se limpar quando estão no banheiro?

Os cegos têm a percepção do tato muito mais aguçada que os que têm visão, e eles percebem quando “tudo” está ok!

8 - Para que serve o bolso em um pijama?

Prá guardar a dentadura, esquentar a mão enquanto se vê televisão.

9 - Porque os aviões não são fabricados com o mesmo material usado nas suas caixas pretas?

Porque a caixa preta é feita com um metal de alta densidade (mistura de ferro, dênio, sílica e tungstênio), e se o avião fosse feito desse material ele nem sairia do chão, de tão pesado.

11 - Por que o Pato Donald depois do banho sai com uma toalha em volta da cintura, se ele não usa short no desenho?

Prá que a água do banho não escorra pelo chão, e a margarida não fique enchendo o saco dele!

12 - Se o Super-Homem é tão inteligente, porque usa a cueca por fora da calça?

Bem… Coisa de viado, não se discute!

13 - O Pluto e o Pateta são cachorros, certo? Por que o Pateta fala e o Pluto não?

Porque o pateta pertence a espécie canis erectus.

14 - Por que tem gente que acorda os outros para perguntar se estavam dormindo?

Por educação (ou você acha melhor falar: – “você quer transar”…?).

15 - Por que os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo?

Por uma questão de arquétipo: quem criou os flintstones nasceu depois de cristo.

16 - Por que os filmes de batalhas espaciais tem explosões tão barulhentas Se o som não se propaga no vácuo?

Porque as explosões acontecem dentro das naves que têm ar, e o som nasce da ação hipersônica sobre a matéria densa, que se dissipa logo depois.

17 - Por que aquele filme com o Kevin Costner se chama “Dança com Lobos” se só aparece um único lobo durante toda estória?

Os lobos andam em matilha e depois do filme aquele lobo ensinou todos os outros a dançar…

18 - Se o vinho é líquido, como pode ser seco?

Seco é a percepção do tanino do vinho sobre a porção mediana da língua, que tanto pode ser suave ou adstringente (é como falar que o conhaque “esquenta” no frio).

19 - Como se escreve zero em algarismos romanos?

Em roma não se conhecia o zero (por isso aquele monte de “pauzinhos”). O zero foi uma invenção dos árabes (al gebar, álgebra) que foi trazida ao ocidente pelos mesmos romanos.

20 - Por que as pessoas apertam o controle remoto com mais força, quando a pilha está fraca?

Porque o mau desempenho do controle pode ser causado por um mau contato nas teclas, e é um reflexo condicionado, como acelerar mais que necessário quando se ultrapassa uma carreta.

21 - O instituto que emite os certificados de qualidade ISO 9000 tem qualidade certificada por quem?

Pelo “bureau veritas quality internacional”, que tem no seu conselho representantes de várias entidades que atuam na área de certificação. É um mecanismo reverso.

22 - Por que quando você pára no sinal vermelho, tem sempre alguém no carro do lado com o dedo no nariz?

E tem coisa melhor prá fazer durante o sinal vermelho?



Lucilene Soares

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Pubrissidadi

Postado por Aline Brito às 08:00 0 comentários
Alguns desses exemplos já são conhecidos, mas me deu vontade de comentar algumas dessas placas e outros exemplos de publicidade que se vê por aí.


Como diz minha sobrinha, Lui, interessante essa maneira criativa de protestar.

Não sei se eu rio do "malmitex" ou do "alió". Só sei que tem gente que fala assim, e tem gente que, pior, escreve assim.

Nossa, é gelado mesmo? Qual o endereço daí, pra eu encomendar, porque aqui onde eu moro não tem desse não.

Prefiro não comentar.

Que explicação convincente, não é mesmo?

O cara tem o trabalho de roubar o carro, fazer a clonagem da placa e não quer ter o trabalho de pesquisar como escreve o nome da cidade??? Da próxima vez, caro ladrão, clona uma placa de uma cidade que você saiba como escrever o nome.

Nossa, eu só conhecia produtos amazônicos afrodizíacos, mas esse tipo aí deve ser ainda mais legal.

Ouvi dizer que "x bancon" é melhor que "cheese bacon", e "x ergues" é melhor que "cheese egg".

Como a placa já veio comentada, vou economizar o meu.

Não deixa de ser verdade que no "self service" a pessoa se serve, só que em inglês...

Essas formas verbais são muito bonitinhas quando saem da boca de uma criança de quatro anos...
Marmanjo dono de comércio informal deveria falar e escrever de outro jeito, né?
Como professora de português, volto a dizer: é pra rir ou pra chorar?

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Minutos de Sabedoria

Postado por Aline Brito às 09:15 1 comentários
Por que será que é mais fácil freqüentar um bar do que uma academia?
Para resolver esse grande dilema, foi necessário freqüentar os dois (o bar e a academia) por uma semana.
Vejam o resultado desta importante pesquisa:
Vantagem numérica:
- Existem mais bares do que academias.
Logo, é mais fácil encontrar um bar no seu caminho.
*1x0 pro bar.**
Ambiente:
- No bar, todo mundo está alegre. É o lugar onde a dureza do dia-a-dia amolece no primeiro gole de cerveja.
- Na academia, todo mundo fica suando, carregando peso, bufando e fazendo cara feia.
*2x0.**
Amizade simples e sincera:
- No bar, ninguém fica reparando se você está usando o tênis da moda. Os companheiros do bar só reparam se o seu copo está cheio ou vazio. *3x0.*
Compaixão:
- Você já ganhou alguma saideira na academia?
Alguém já te deu uma semana de ginástica de graça?
- No bar, com certeza, você já ganhou uma cerveja 'por conta'.
*4x0.*
Liberdade:
- Você pode falar palavrão na academia?
*5x0*.
Libertinagem e democracia:
- No bar, você pode dividir um banco com outra pessoa do sexo oposto, ou do mesmo sexo, problema é seu...
- Na academia, dividir um aparelho dá até briga.
*6x0.**
Saúde:
- Você já viu um 'barista' (freqüentador de bar) reclamando de dores musculares, joelho bichado, tendinite?
*7x0.*
Saudosismo:
- Alguém já tocou a sua música romântica preferida na academia? É só 'bate-estaca' , né?
*8x0.*
Emoção:
- Onde você comemora a vitória do seu time?
No bar ou na academia?
*9x0.*
Memória:
- Você já aprontou algo na academia digno de contar para os seus netos?
*10x0 pro BAR!!!**
Portanto, se você tem amigos na academia, repasse este e-mail para salvá-los do mau caminho!**
PS: Você já fez amizade com alguém bebendo Gatorade???
ENTÃO, VAMOS SIMBORA PRO BAR!!!
BEBER, CAIR E LEVANTAR!!!!!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Você já viu de tudo nessa vida?

Postado por Aline Brito às 07:57 1 comentários
David Morales Colón, um porto-riquenho de 22 anos, foi assassinado no dia 22 de abril a tiros e virou notícia nos Estados Unidos. O mais interessante nesta notícia é o fato de que não foi o assassinato que chamou a atenção da mídia, e sim o seu velório.

Ao invés do tradicional caixão, a família de David optou por algo menos ortodoxo: Contratou uma agência funerária e pediu para que o colocasse em cima de sua moto Repsol-liveried Honda CBR600 F4 como se estivesse andando nela, e a agência funerária fez um trabalho de primeira.




E aí, gente? Se a moda pega, heim? Vocês querem um velório diferente também? Como seria?

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Senhor coquetel

Postado por Aline Brito às 07:56 0 comentários
video

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Ainda Esperando

Postado por Aline Brito às 08:49 0 comentários


Para todos os meus amigos que, nos últimos tempos, me mandaram 'realizações de desejos', cartas-corrente, anjos de bondades e outras promessas, se eu encaminhasse alguma coisa.




NADA FUNCIONOU!!!



Para o futuro, por favor, mande-me dinheiro, Vinho, chocolate, CERVEJAAAA e vales para os melhores restaurantes.



OBRIGADO

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dia do Sofressor

Postado por Aline Brito às 09:31 0 comentários
Caros leitores, há tempos não publico uma crônica minha para vocês. Mas hoje é Dia do Professor (Sofressor) e, como eu sou professora, sinto-me na obrigação de marcar esse momento. De manhã, logo cedo, recebi uma linda mensagem de parabéns pelo meu dia. Emocionante. Essas coisas me fazem querer permanecer nessa sofrida profissão: justamente o carinho de alguns alunos e a oportunidade de perceber o resultado do meu trabalho nas produções textuais desses alunos ao me escrevem com tanta presteza. Aceito críticas, mas elogios aceito mais ainda – rsrsrs. Já li e ouvi, de ontem pra hoje (e olha que ainda é o começo do dia), várias coisas legais, inclusive dos meus colegas de profissão. Até via DM no Twitter já recebi os parabéns.
Vou colocar aqui trechos da carta de uma das minhas alunas, uma aluna especial. Pra falar a verdade, ela me chama de bruta de vez em quando, mas ela sabe que, no fundo, sou uma manteiga derretida, inclusive me derreti quando li a mensagem dela. (Notem que, quando a mesma se refere ao “tempo sobrando”, faz alusão a mim – rrsrsrs, que costumo dizer isso quando alguém escreve qualquer mensagem melo-dramático-carinhosa... Ela ainda me agradece por eu ser amiga, por eu deixá-la pegar um pouco de minha inteligência (rs), por me preocupar se ela realmente aprendeu, por tudo e por tanto... (Lindo isso). Agradece cuidadosamente e nominalmente a cada professor, incluindo os principais motivos que influenciam a escrita da mensagem. Até esqueci que o salário é pequeno, que existem alunos que irritam, que existem motivos pra desistir...

Minhas professoras,

Vou escrever umas coisinhas bonitinhas pra vocês, não porque estou com tempo sobrando (rs), pelo contrário, estou às três da manhã no intervalo de uma atividade TCCrísticas (créditos para palavra que acabei de inventar)... escrevo pelo real motivo de vocês serem especiais...

Hoje é 15 de outubro!!!

Quando eu era criança, me lembro que comemorava esse dia com muita alegria, presenteava minha professorinha que me ensinava os primeiros passos pra querer ser "gente grande"... Penso que se ela soubesse onde estou hoje estaria sim orgulhosa de mim...
Mas enfim, vejo que hoje esse dia não é muito lembrado ou comemorado por essas pessoas "gente grande" que eu me tornaria... assim resolvi fazer o efeito mágico de voltar a ser criança só pra ter o prazer de comemorar com o mesmo entusiasmo de quando era pequena.
Comento com muitos do prazer que tenho de tê-las como professoras, acreditem que minha família conhece cada uma só pelo tanto que falo e com um orgulho especial...
A vida acadêmica não é nada fácil e conciliar com tantas outras responsabilidades que a vida nos traz a torna cada dia mais difícil e desestimulante, mas vejo que existem pessoas lá como vocês, que têm uma vida parecida, ou pior que a minha, em relação às correrias, e nem por isso deixam de passar pra mim algo que aprenderam, seja na época dos estudos ou na vida mesmo... Isso nos dá forças pra seguir.
Na faculdade, além de grandes professoras (que se esforçam pra aturar alunos indisciplinados e vencem o cansaço pra se mostrar sempre dispostos), ganhei grandes e boas amigas... Pessoas que sentam comigo pra fazer um lanche, saem comigo pra se divertir, se preocupam com minha vida pessoal... Isso tudo me faz ter um carinho imenso por vocês.
Queria parabenizá-las, neste dia especial, por fazer da arte de lecionar motivo de inspiração pros seus alunos. Por fazer-nos ter aquele desejo de: "quando eu crescer, quero ser igual a você!". Por serem mulheres, mães, esposas, namoradas, família, dar conta de outro trabalho e ainda ter o carinho de preparar aula para nós. Fico feliz por cada gesto.
[...]
Enfim, minha gente... Isso só pra desejar a vocês um feliz Dia do Professor... Espero que esse dia não passe despercebido, afinal lecionar é uma arte e todo artista merece seu momento de glória!

Um beijo carinhoso!

Deus as abençoe!

Leila Arruda
Jornalismo - 7º semestre



É... Vocês viram aí. Nós, professores, somos queridos – rsrsrsrs. E eu sou queridíssima kkkk. Tô felizona. Aproveito pra homenagear, enfim, todos os meus professores, desde sempre, inclusive minha chefe (Sabia que minha chefe foi minha professora? Tratem bem seus professores; um dia eles podem virar seus chefes!). Até a criação desse blog foi idéia de uma ex-professora. Outra: mainha foi minha professora também, de biologia, e diretora, olha a pressão! Agradeço também aos professores chatos e intolerantes, porque, sem a pegação no pé, talvez eu tivesse, digamos, menos coragem pra estudar. Mas homenageio ainda mais aos que colaboraram mais intensamente para que eu lapidasse o meu “saber ser gente”.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Show do Milhão para Loiras

Postado por Aline Brito às 00:30 0 comentários
Posso perguntar?




1 - Quanto tempo durou a guerra dos 100 anos?

A) 116

B) 120

C) 100

D) 150

— Vou pular esta.



2 - Em qual país é fabricado o chapéu Panamá?

A) no Brasil

B) no Chile

C) no Panamá

D) no Equador

— Vou pedir ajuda aos universitários.



3 - Em que mês os russos celebram a Revolução de outubro?

A) janeiro

B) setembro

C) outubro

D) novembro

— Peço ajuda aos convidados.



4 - Qual era o primeiro nome do rei George VI?

A) Eder

B) Albert

C) George

D) Manoel

— Eu pulo!



5 - As Ilhas canárias, no oceano Atlântico, tem seu nome tirado de qual animal?

A) canário

B) urubu

C) cachorro

D) rato

— Vou pedir as cartas.



6 - Quanto tempo durou a guerra dos 30 anos?

A) 25

B) 30

C) 31

D) 29

— Vou parar. Pode entregar o ouro!



Atenção!

Se você se acha esperto(a) e riu das respostas da loira, confira as respostas corretas abaixo:



— A guerra dos 100 anos durou 116 anos. De 1337 a 1453.



— O chapéu panamá é fabricado no Equador.



— A Revolução de Outubro é comemorada em novembro.



— O primeiro nome do Rei George VI era "Albert".

Em 1936 ele atendeu a um desejo da rainha Vitória, de que nenhum outro rei se chamaria Albert e mudou

de nome.



— As Ilhas Canárias tem seu nome tirado do cachorro. O nome latino é "insularia canaria", que em latim

significa ilha dos cachorros .



— Esta guerra sim, durou 30 anos. De 1618 a 1648. Esta foi só para você não tirar zero e não ficar sem

graça.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Poema da mente

Postado por Aline Brito às 00:41 0 comentários
Há um presidente que mente,

Mente de corpo e alma, completa/mente

E mente de maneira tão pungente

que a gente acha que ele mente sincera/mente

mais que mente, sobretudo, impune/mente

indecente/mente

e mente tão nacional/mente,

que acha que mentindo história afora,

vai nos enganar eterna/mente.


Affonso Romano de Sant'ana

sábado, 9 de outubro de 2010

Não fecha a porta, tá? Tranquilo?

Postado por Aline Brito às 17:41 0 comentários

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Barradas infantis

Postado por Aline Brito às 10:57 0 comentários
Ou são as crianças que curtem dar barradas nos adultos ou são os adultos que fazem perguntas bestas às crianças. Com um pouco de reflexão, dá pra escolher a segunda opção:

Eu: Leco, como você está na escola?
Leco: Eu não estou na escola. Eu nem tô de farda agora! (Faz sentido)

Dinda: Olha, pintou a unha, tirou a cutícula, Lui. Quem foi que fez sua unha?
Lui: A manicure, né? Daãããããã! (Impaciente, essa menina)

Eu: Leco, fala aqui pra mim qual foi a tarefa que você fez na escola.

Leco: Não.
Eu: Por que não?
Leco: Porque eu não quero. (Ele que tá certo)
 
Eu: Será que Super Nany atende criança de 9 anos? (A menina está precisando de um  "corretivo")
Lui: Será que ela atende adulto de 33 anos também? (Tomei na cara)

Eu: Pedrinho, deixa eu brincar com seu lap top (detalhe, é o lap top do Batman).
Pedinho: Não, esse jogo é muito difícil pra você.

Eu: Pedrinho, vem cá.
Pedrinho: Agora não, tô ocupado (E esse menino de 4 anos já anda tão ocupado assim??)

E assim eu sigo minha vida, tomando barrada das crianças, mas ainda assim insistindo nas conversas com elas, porque, no final, ainda saio no lucro, pois me divirto muitoooooo.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Você sabe o que é um palíndromo?

Postado por Aline Brito às 09:16 0 comentários
Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário.

Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:

SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.

Diante do interesse pelo assunto (confesse, já leu a frase ao contrário), tomei a liberdade de seleccionar alguns dos melhores palíndromos da língua de Camões...

ANOTARAM A DATA DA MARATONA

ASSIM A AIA IA A MISSA

A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA

A DROGA DA GORDA

A MALA NADA NA LAMA

A TORRE DA DERROTA

LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR

A CARA RAJADA DA JARARACA

SAIRAM O TIO E OITO MARIAS

ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ

E já agora

E sabe o que é tautologia?

É o termo usado para definir um dos vícios, e erros, mais comuns de linguagem. Consiste na repetição de uma ideia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.

O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros, como pode ver na lista a seguir:
- elo de ligação

- acabamento final

- certeza absoluta

- quantia exacta

- nos dias 8, 9 e 10, inclusive

- juntamente com

- expressamente proibido

- em duas metades iguais

- sintomas indicativos

- há anos atrás

- vereador da cidade

- outra alternativa

- detalhes minuciosos

- a razão é porque

- anexo junto à carta

- de sua livreescolha

- superávit positivo

- todosforam unânimes

- conviver junto

- facto real

- encarar de frente

- multidão de pessoas

- amanhecer o dia

- criação nova

- retornar de novo

- empréstimo temporário

- surpresa inesperada

- escolha opcional

- planear antecipadamente

- abertura inaugural

- continua a permanecer

- a últimaversão definitiva

- possivelmente poderá ocorrer

- comparecer em pessoa

- gritar bem alto

- propriedade característica

- demasiadamente excessivo

- a seu critério pessoal

- exceder em muito .


Note que todas essas repetições são dispensáveis.

Por exemplo, 'surpresa inesperada'. Existe alguma surpresa esperada? É óbvio que não.

Devemos evitar o uso das repetições desnecessárias. Fique atento às expressões que utiliza no seu dia-a-dia.

Gostou?
E, assim, se fala em bom português
Prof.. Pasquale Neto

No popular se diz: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho carpinteiro'
Correto: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'
Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.'
Enquanto o correto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.'
'Cor de burro quando foge.'
O correto é: Corro de burro quando foge!
Outro que no popular todo mundo erra:
'Quem tem boca vai a Roma.'
O correto é:
'Quem tem boca vaia Roma.' (isso mesmo, do verbo vaiar).
Outro que todo mundo diz errado,
'Cuspido e escarrado' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.
O correto é:
'Esculpido em Carrara.' (Carrara é um tipo de mármore) ou 'Esculpido e encarnado'
Mais um famoso... 'Quem não tem cão, caça com gato.'
O correto é:
'Quem não tem cão, caça como gato... ou seja, sozinho!'
E aí, já sabiam, ou é novidade?

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Brincando com as Capas

Postado por Aline Brito às 09:01 0 comentários

















terça-feira, 5 de outubro de 2010

Se beber, não use Havaianas

Postado por Aline Brito às 09:03 1 comentários
video

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Quais são as leis mais estranhas do Brasil?

Postado por Aline Brito às 00:50 0 comentários
Em um universo com mais de 100 mil leis em vigor, normas curiosas não faltam. As mais estranhas acabam sendo aquelas aprovadas nos municípios, onde conseguir maioria nas câmaras de vereadores - que têm no máximo 55 membros - é mais fácil que no Congresso Nacional ou nas assembléias legislativas estaduais. É nelas que acontece todo tipo de bizarrice, sobretudo nas pequenas cidades. Para montarmos nossa coleção de leis absurdas, entrevistamos advogados e professores de direito. Cada uma dessas pessoas nos enviou uma pequena seleção de regras esquisitas. Contamos ainda com a ajuda do livro Folclore Político, do jornalista Sebastião Nery, de onde saíram outros exemplos de leis malucas. Confira a lista e ria à vontade - se quiser, também pode chorar, porque é triste pensar que tem político criando pista de pouso para OVNI em vez de tratar de coisas mais importantes...



Política maluca

Vereadores já criaram aeroporto de disco voador e baniram a melancia do cardápio

ABAIXO A CAMISINHA!



Decreto Municipal 82/97 (Bocaiúva do Sul, PR)



Data: 19 de novembro de 1997



Preocupado com os baixos índices de natalidade em sua cidadezinha de 9 mil habitantes, o prefeito Élcio Berti proibiu a venda de camisinhas e anticoncepcionais. Tudo porque a prefeitura estava recebendo menos verbas do governo federal com o encolhimento da população. A maluquice gerou a maior gritaria e a lei teve de ser revogada 24 horas depois



AEROPORTO ALIENÍGENA



Lei Municipal 1840/95 (Barra do Garças, MT)



Data: 5 de setembro de 1995



O então prefeito dessa cidade de 55 mil habitantes criou uma reserva para pouso de OVNIs com 5 hectares na serra do Roncador, tradicional reduto de ufólogos. Para azar dos ETs, o "discoporto" ainda não saiu do papel



FOLIA COMPORTADA



Lei Municipal 1790/68 (São Luís, MA)



Data: 12 de maio de 1968



Na década de 60, o então prefeito Epitácio Cafeteira baixou o "código de posturas" do município. Entre outras coisas, ficou proibido o uso de máscaras em festas - exceto no Carnaval, ou com licença especial das autoridades. Para defender a medida (que virou letra morta), o prefeito argumentou que ela ajudava a "identificar bandidos"



PREGUIÇA ECOLÓGICA



Lei de Crimes Ambientais (Governo Federal)



Data: 12 de fevereiro de 1998



A lei que regula as punições para os crimes contra a natureza tem um agravante estranho: a pena aumenta para crimes aos "domingos ou feriados". É o velho jeitinho brasileiro: com menos fiscais trabalhando nesses períodos, o governo elevou a pena para desestimular agressões ecológicas nas folgas da patrulha. É a única lei federal da nossa lista



EM DEFEZA DO PURTUGUÊIS



Lei municipal 3306/97 (Pouso Alegre, MG)



Data: 2 de setembro de 1997



A lei aprovada pela Câmara Municipal multa em 500 reais os donos de outdoors com erros de ortografia, regência e concordância. Para banners e faixas, a multa é menor: 100 reais - e os infratores têm 30 dias para corrigir os deslizes. Em 1998, o prefeito do Guarujá se inspirou na cidade mineira e reproduziu a mesma lei na cidade do litoral paulista



FRUTO PROIBIDO



"Lei da Melancia" (Rio Claro, SP)



Data: 1894



A inofensiva melancia, quem diria, foi proibida em 1894 na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo. No fim do século 19, a fruta era acusada de ser agente transmissor de tifo e febre amarela, doenças epidêmicas na época. Com o tempo, a lei virou letra morta



Ainda bem!

Três projetos de lei absurdos que felizmente não foram aprovados

• Em 2004, vereadores de São Paulo instituíram o uso de coletes com airbag para os motoboys. Em novembro, a proposta foi aprovada em votação na Câmara, mas tinha pouca chance de ser sancionada pela prefeitura e virar lei



• Em 1999, na mineira Juiz de Fora, os vereadores sugeriram que os cavalos e burros usassem fraldões para não emporcalhar as ruas. A iniciativa melou



• Na década de 90, em Teresina, no Piauí, os vereadores quiseram proibir a criação de abrigos nucleares no município. A proposta bombástica não foi aprovada

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/historia/pergunta_287131.shtml

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Olha o cara dançando!

Postado por Aline Brito às 09:50 0 comentários
video
 

Tinha de ser ela... Por Aline Brito | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2010 | Engenharia e Design de Marlos Ross