quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Canga Noturna

Postado por Aline Brito às 10:03
Eu estava com um grupo de amigos em Recife e resolvemos conhecer Porto de Galinhas. A turma toda estava lá para participar de um congresso, e sabe como é estudante, sempre sem dinheiro, então decidimos ir pra lá de ônibus. No dia marcado, todo mundo se preparou e fomos para o ponto de ônibus esperar o busu. No caminho, e somente lá, percebi que eu estava de biquíni e canga, uma saída de praia, e só eu estava assim. Todos estavam com roupa de banho, mas com um traje "normal" de usar na cidade por cima. Como minha canga parece mais um vestido urbano, tudo bem, não fazia mal eu ir daquele jeito mesmo, afinal não tínhamos tempo pra que eu trocasse de roupa.
Só que imprevistos acontecem. Porto de Galinhas não é tão perto assim. Fomos aproveitamos e, no retorno, a turma resolveu parar numa feirinha de artesanato e comidas típicas. O problema é que já estava escuro. E eu ali, de canga. Fiquei muito sem graça, porque na praça onde paramos tinha um igreja e estava acontecendo um casamento. Pra todo lado gente vestida com aquelas roupas chiques de festa, e eu de canga, à noite, no meio da rua. Meus amigos já estavam tirando o maior sarro da minha cara. Pra melhorar a minha situação, resolvi comprar um vestidinho, baratinho, numa barraquinha da feita, coloquei por cima de tudo, e fiquei com cara de que nada tinha acontecido.

1 comentários:

Alane on 14 de janeiro de 2010 11:34 disse...

coisas de macuco...rs

Postar um comentário

 

Tinha de ser ela... Por Aline Brito | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2010 | Engenharia e Design de Marlos Ross